Acolhimento, orientação e promoção são as bases do trabalho do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), que já realizou 516 atendimentos ao longo de três anos. Este serviço social é dedicado exclusivamente a mulheres vítimas de violência doméstica, oferecendo suporte emocional, informação, orientação e encaminhamento para a rede de proteção.


Fundado em fevereiro de 2021 pela atual administração, o CRAM conta hoje com uma equipe multiprofissional. Psicólogas proporcionam acolhimento emocional, assistentes sociais auxiliam na busca e solicitação de benefícios, e advogadas oferecem orientação jurídica.

Para aprimorar ainda mais o atendimento, a Administração Municipal lançou o projeto de construção da sede própria do CRAM. A nova unidade será construída no bairro Santo Antônio, em um terreno do município. A obra com valor estimado em R$ 2.000.000,00, será financiada por uma emenda parlamentar da deputada federal Ana Paula Junqueira Leão no valor de R$ 1.000.000,00, pela Secretaria de Estado de Saúde com o valor de R$ 550.000,00 e por recursos próprios do município.

Comentários estão encerrados