Araxá, 19 de Agosto 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Cidade

Publicado em:09/05/2019
:: Transporte Aéreo :: Governo encerra voos para Araxá e mais quatro cidades. Fique Ligado...
No dia 22 de fevereiro deste ano o Governo de Minas acabou com os voos para as cidades de Guaxupé, Passos e Piumhi

Também perderam voos as cidades de Patrocínio, Pouso Alegre e Viçosa

O Governo de Minas Gerais acaba de dar fortes sinais de que pretende acabar com os voos regionais do projeto Voe Minas. A cidade de Araxá, a terra do governador Romeu Zema (Novo), perdeu nesta semana todos os seus voos. Agora a cidade terá um voo por semana da companhia Azul. Os voos em Uberlândia que foram iniciados no dia 11 de março deste ano foram encerrados por falta de passageiros.

Também perderam voos as cidades de Patrocínio, Pouso Alegre e Viçosa. Essas rotas foram canceladas em função da baixa taxa de ocupação nas aeronaves do Voe Minas. Em todos os voos a partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, são usados os aviões Caravan com nove assentos.

No dia 22 de fevereiro deste ano o Governo de Minas acabou com os voos para as cidades de Guaxupé, Passos e Piumhi. Atualmente as rotas mais rentáveis são as das cidades de Teófilo Otoni e Caratinga. Além de ter em alguns dias da semana dois voos de Teófilo Otoni para Belo Horizonte, a partir do próximo final de semana estas cidades terão voos aos sábados e domingos.

O Voe Minas foi criado em agosto de 2017 com o objetivo de integrar as regiões de Minas Gerais com Belo Horizonte. Por causa do prejuízo causado à Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que gerencia o projeto, o Governo de Minas Gerais estuda acabar com todos os voos em junho deste ano.

A taxa média de ocupação dos voos atingiu percentual acima de 60%, com receita da venda de passagens totalizando R$ 7,5 milhões. O subsídio por passageiro tem apresentado constante diminuição no decorrer do projeto, tendo chegado em julho em R$ 119,31 por passagem.

C/ Tudo de Viagem