Araxá, 20 de Fevereiro 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Política

Publicado em:05/02/2019
:: Política :: Mário Heringer é eleito 2º Secretário da Câmara dos Deputados. Saiba Mais...
Parlamentar é o único mineiro a ocupar espaço na Mesa Diretora que será presidida pelo carioca Rodrigo Maia

O deputado Dr. Mario Heringer ocupa o quarto mandado na Câmara Federal

O deputado federal Dr. Mário Heringer (PDT) foi eleito 2º Secretário da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, na 56ª Legislatura. Indicado por consenso pelo seu partido, o parlamentar obteve 408 votos. Ele é o único mineiro a compor a mesa, responsável pela direção dos trabalhos legislativos.

“Recebo com muita confiança a nova missão que agora assumo enquanto deputado federal. Ao longo de minha vida pública todas experiências, todos cargos e funções foram desempenhados de forma transparente e responsável. Todo esforço é no sentido de aperfeiçoar a cada dia o trabalho parlamentar em prol de todos os cidadãos”, afirmou Dr. Mário Heringer.

Entre as atribuições do 2º secretário da Câmara dos Deputados, está tratar de relações internacionais da Casa, incluindo a emissão de passaportes dos deputados. Programas de estágio oferecidos são outras funções do 2º secretário.

Vida pública

Ao longo de quatro mandatos como deputado federal, Dr. Mário Heringer, presidente do PDT de Minas Gerais, desempenhou funções de destaque. Presidiu a Comissão de Direitos Humanos em 2004 e teve atuação de destaque, defendendo abertura de arquivos dos chamados “Anos de Chumbo”. Também atuou para elucidar e punir responsáveis pelo assassinato da missionária Dorothy Stang. Ainda saiu em favor de policiais, a favor de se avaliar e estudar melhores condições de trabalho para esses profissionais de segurança pública.

Dr. Mário, médico ortopedista e gestor hospitalar, também tem sua trajetória marcada pela defesa de uma saúde pública com mais qualidade para todos. Integrou frentes em defesa da saúde e por maior autonomia dos municípios, em favor de um novo pacto federativo. Atuou, ainda, como ouvidor-geral da Câmara e como Secretário de Relações Internacionais, além de ter coordenado a bancada mineira.