Araxá, 19 de Agosto 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Cidade

Publicado em:01/09/2014
:: Sem Desfile :: Araxá não terá desfile de 7 de setembro por causa de ano eleitoral. Entenda...
Segundo Jeová Moreira da Costa, o desfile não será realizado em Araxá em função do ano eleitoral

A abertura da Semana da Pátria em Araxá foi realizada na manhã de hoje

A Semana da Pátria em Araxá teve início na manhã desta segunda-feira, 1º de setembro. A abertura oficial das comemorações da Independência do Brasil aconteceu com uma solenidade realizada na Praça Arthur Bernardes. Na ocasião o prefeito Jeová Moreira da Costa confirmou que este ano não haverá o tradicional desfile cívico de 7 de setembro no município.

A abertura da Semana da Pátria em Araxá teve o hasteamento das bandeiras do Brasil, de Minas e de Araxá, a execução do Hino Nacional Brasileiro e o Fogo Simbólico da Pátria. Estiveram presentes além do prefeito Jeová, os secretários de Educação, Vicente Donizete da Silva e do Desenvolvimento Econômico, José Domingos Vaz, a presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto, Debora Arantes Afonso, o vereador Romário do Picolé, além do Tiro de Guerra e da Polícia Militar.

O prefeito Jeová diz que as comemorações de 7 de setembro são sempre especiais. “Estamos comemorando a Independência do Brasil no sentido territorial, mas a verdadeira independência do país se faz dentro de cada cidadão brasileiro que tem que ter a liberdade proporcionada pela cidadania com seus direitos e seus deveres. As comemorações desta data são sempre especiais, pois levam a reflexões importantes para o próprio crescimento e desenvolvimento da nação”, afirma.

Segundo o Chefe do Executivo, o desfile não será realizado em Araxá em função do ano eleitoral. “Não vamos promover o Desfile de 7 de Setembro porque estamos vivendo um ano atípico devido as eleições que acontecem no próximo mês de outubro. Há alguns gestores que estão respondendo a processos por situações consideradas como propaganda eleitoral em função de desfiles anteriores e portanto para não termos nenhum problema neste sentido avaliamos como melhor não realizarmos o desfile”, explica o prefeito.