Araxá, 22 de Novembro 2017
Clima Agora
21°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Cultura e Arte

Publicado em:10/11/2017
:: Arte e Cultura :: Circo de Dois arma picadeiro em Araxá neste mês novembro. Agende-se...
Atrações, gratuitas, são realizadas pelo projeto TRI CICLO Espetáculos com patrocínio da Fundação Rio Branco

Apresentações tem patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura. Foto Reprodução

Através da lei federal de incentivo à Cultura, patrocínio da Fundação Rio Branco o projeto TRI CICLO Espetáculos realiza cinco apresentações da Cia Pé de Chinelo em Araxá no último final de semana de novembro. São quatro shows de circo, em instituições de ensino, e uma oficina que mergulha no universo do palhaço.

Quinta e sexta feira, ou melhor, dias 23 e 24 de novembro são as datas selecionadas para o Circo de Dois que tem como protagonista a palhaça Jirda e o parceiro Bisgoio, que convocam o público para fazer o maior espetáculo de todos os tempos. Porém eles conseguem inverter a consagração em um fiasco. No número tem de tudo um pouco, porém a grande periculosidade, misturada com malabarismo e muita música, vai por água abaixo. Nessa arruaça ela quer fazer e ele ajudar. As crianças das instituições de ensino particular e privada vão descobrir se isso vai prestar.

Essa trupe de renome pousa no dia 23 de novembro, no Colégio Sesc e no ginásio da Escola Estadual Rotary e na sexta feira (24/11), no ginásio do Colégio Dom Bosco.

A TRI CICLO Produções, de Lívia Ferolla e Cynthia Verçosa, é quem realiza o projeto TRI CICLO Espetáculos, desde 2011. As mais de 80 atrações já pisaram em palcos de Araxá, Sacramento, Salitre de Minas e Uberaba. Este ano já alcançou público superior a 12 mil pessoas e planeja ter um novo recorde de espectadores na Terra de Beja, com o patrocínio da Fundação Rio Branco.

“Direcionar ações e espetáculos para escolas é formar um público cultural para projetos futuros. As crianças em contato com a Cultura e a Arte com certeza serão adultos apreciadores e formadores de opinião”, declara Cynthia Verçosa, diretora artística do projeto TRI CICLO Espetáculos.

A manhã de sábado, 25 de novembro, é a data oportuna para os futuros palhaços se aprimorarem. Na oficina “Estado-Palhaço” os artistas fazem um mergulho no universo do palhaço, permitindo que os participantes possam, individualmente, conhecer mais a fundo o próprio ridículo, permitindo o jogo da relação com o mundo, objetos, pessoas e público. Na oportunidade os participantes terão um encontro cômico com o corpo e tudo que está em volta.

Os interessados em compor esse grupo de fábrica de alegrias já pode inscrever, através do site do projeto www.tricicloespetaculos.com.br. As vagas são limitadas, e entre os pré requisitos está a idade, a partir de 16 anos. O local será na rua Wantuir Batista da Costa, 54, bairro Vila João Ribeiro.

CIA PÉ DE CHINELO

Formada pela iniciativa de Neto Donegá (Palhaço Bisgoio), atuante nessa arte há 14 anos, e Luciana Donegá (Palhaça Jirda), a Cia Pé de Chinelo é estruturada na linguagem cômica, tendo como instrumento de comunicação palhaçaria. Com o extenso currículo os espetáculos tem características próprias, transmitindo conhecimento divertindo, tanto o público. Na programação dos grandes festivais brasileiro, tem recebido críticas positivas sobre o trabalho desenvolvido, consequência disso são as indicações e premiações em diversas categorias. Sendo ecléticos nos locais propostos para apresentação deu um novo passo nessa jornada há dois anos, quando participaram do longa metragem americano “Benjy Lucas”, que será lançado em 2017. No currículo contemplam também viagens por todos os cantos do país com espetáculos, oficinas, intervenções e contação de história.