Araxá, 23 de Outubro 2017
Clima Agora
26°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Cultura e Arte

Publicado em:06/10/2017
:: Cultura e Educação :: Patrulha do Patrimônio reúne cerca de 500 alunos participantes. Saiba...
Cinco escolas visitaram oito pontos turísticos tombados. Na terceira etapa, alunos concorrem à premiação para 10 melhores redações sobre os passeios turísticos culturais

Projeto objetiva incentivar a educação patrimonial e o turismo em Araxá

Cinco escolas da rede municipal, oito pontos de patrimônio histórico tombado, cerca de 500 alunos participantes. Somados, esses números representam o êxito da segunda etapa do projeto Patrulha do Patrimônio, realizado por meio de passeios turísticos culturais entre 25 e 29 de setembro. O projeto desenvolvido pela Prefeitura de Araxá tem como objetivo incentivar a educação patrimonial e o turismo. A literatura também ganhou destaque, pois os alunos do ensino fundamental II participam de premiação com a produção de textos (redações) sobre o que viram e sentiram.

“Através deste projeto pretendemos incentivar a educação patrimonial e literária ao mesmo tempo, além de colaborar para formar futuros cidadãos que desde jovens se apropriem de sua história e de seu acervo. Jovens capazes de compreender e valorizar o sentido do Patrimônio Histórico, capazes de viver e conviver com a ética e respeito ao Patrimônio Cultural da cidade de Araxá. Pretendemos assegurar aos alunos, o fato de que eles já são sujeitos da história de Araxá”, explica a presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto, Annette Akel.

A ação foi desenvolvida com estudantes das escolas municipais Aziz J Chaer, Dona Gabriela, Manoela Lemos, Professora Leonilda Montandon, Professora Romália Porfírio de Azevedo e Oratório Nossa Senhora Auxiliadora. A participação no projeto conferiu aos alunos o título de Patrulheiros-Mirins de Araxá. O trajeto foi realizado com passagem pela Árvore dos Enforcados, Praça Governador Valadares, Museu da Câmara Municipal, Museu Histórico de Araxá (Dona Beja), Igreja Matriz de São Sebastião, Igreja Matriz de São Domingos, Colégio São Domingos de Gusmão e Fundação Cultural Calmon Barreto. Por questões de logística e organização, a cada ano participarão cinco escolas.

Concurso de redações

A terceira etapa do projeto, destinada a produção de textos, ocorre entre 2 e 6 de outubro. A pré-seleção das melhores redações será realizada pelas professoras nas próprias escolas, entre os dias 18 e 19. Já no dia 24 de outubro, essas redações pré-selecionadas serão entregues para avaliação da Comissão Julgadora, professores do Uniaraxá e membros da Academia Araxaense de Letras, que julgarão entre os dias 25 e 27 de outubro elegendo as 10 melhores redações.