Araxá, 25 de Agosto 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Saúde e Educação

Publicado em:23/07/2014
:: De Olho na Saúde :: Anvisa oficializa redução de imposto nos medicamentos. Fique Por Dentro...
Ministério da Saúde informa que nova lista já inclui uma redução aproximada de 12% nos preços limites

São afetadas, nessa redução, 174 substâncias usadas na fabricação de medicamento

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou no princípio da semana uma atualização da lista com os preços máximos de venda dos medicamentos no país. Segundo o Ministério da Saúde, a nova lista já inclui uma redução aproximada de 12% nos preços limites pela liberação da cobrança de dois tributos.

A lista completa com o teto para todos os medicamentos vendidos no país está no site da Anvisa.

São afetadas, nessa redução, 174 substâncias usadas na fabricação de medicamentos e outros produtos de saúde, envolvendo 351 diferentes formas de apresentação - que podem incluir a mesma substância, mas com concentração ou quantidade de comprimidos diferentes.

Segundo o governo, a lista oficializa algo que vale desde o final do mês passado, quando foi publicada a lista das 174 substâncias que passavam a estar liberadas da cobrança do PIS/Cofins.

O desconto, de acordo com a Anvisa, incide sobre o preço limite para venda ao consumidor. Na prática, porém, os preços na farmácia costumam ser mais baixos que o limite, por conta da concorrência entre os laboratórios.

Entidades da indústria farmacêutica garantem, no entanto, que os descontos são integralmente repassados às farmácias. Boa parte das substâncias da lista de 174 é de produtos usados pelos hospitais e tem peso significativo nas compras públicas.

C/ Agências