Araxá, 25 de Agosto 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Saúde e Educação

Publicado em:18/07/2014
:: Saúde e Bem Estar :: Ginástica laboral na Bem Brasil: bem-estar para corpo e mente
Há quatro anos, a Bem Brasil Alimentos promove sessões semanais de ginástica laboral em parceria com a Periódica Medicina do Trabalho

Sessões de ginástica duram cerca de dez minutos

Todo mundo sabe que as atividades físicas são recomendadas para melhorar a qualidade de vida, mas nem sempre as pessoas encontram tempo ou disposição para praticá-las. No ambiente de trabalho, a falta dessas atividades pode ser contornada com a ginástica laboral, ou seja, a prática de alongamento e algumas dinâmicas de movimento que servem para liberar as tensões e dar mais leveza às atividades de rotina.

Há quatro anos, a Bem Brasil Alimentos promove sessões semanais de ginástica laboral, em parceria com a Periódica Medicina do Trabalho, de Araxá. A ginástica laboral - prática orientada de exercícios físicos de curta duração e dinâmicas de integração realizados no próprio local de trabalho já é rotina em todas as atividades da indústria.

O objetivo, além de minimizar impactos das atividades diárias, é alcançar o equilíbrio entre corpo e mente, relaxando a parte física e renovando o espírito e a disposição de cada participante, explica a fisioterapeuta Maria Auxiliadora Batista Neta, a “Netinha”, que todas as segundas e quartas-feiras, em dois períodos, às 7 e às 15 horas, realiza sessões de ginástica com os funcionários da Bem Brasil.

Essa prática promove, ainda, uma redução do estresse, uma melhora no poder de concentração e possibilita, até mesmo, o fortalecimento do espírito de equipe, por meio da integração dos colegas de trabalho, que, ao realizarem exercícios em conjunto, vivenciam situações de socialização.

As sessões de ginástica, que em geral duram cerca de 10 minutos, são divididas em três etapas: preparatória, compensatória e de relaxamento. “Nos dois turnos em que trabalhamos na Bem Brasil, passamos por todos os departamentos: produção, manutenção, caldeira, escritório e câmara fria”, conta a fisioterapeuta. São sessões de exercícios físicos educativos de alongamento, respiração, reeducação postural, corporal, percepção e controle corporal, fortalecimento das estruturas não trabalhadas e compensação dos grupos musculares envolvidos nas tarefas operacionais, sempre respeitando o limite fisiológico e vestimenta de cada colaborador, completa Netinha.

Antes do início da aplicação do programa de ginástica laboral, é realizada uma análise das necessidades dos funcionários e possibilidades que o local oferece. Assim, é possível traçar um planejamento de acordo com o perfil dos colaboradores e da atividade profissional exercida.

Netinha conta como são os exercícios: “Começamos com um aquecimento, que é feito com movimentação do corpo, pequenos pulos, palmas, uma corridinha de leve ou polichinelo, para aquecer e descontrair. Logo em seguida, entramos com alongamento global, passando por cabeça, ombros, tronco e pernas. Esse alongamento, em geral, a gente faz em dupla, com um colega alongando o outro. Depois, fazemos exercícios respiratórios e massagens rápidas de um colega no outro. Fazemos também exercícios envolvendo todo o grupo, o que acaba promovendo a integração, ao mostrar que uns podem contar com os outros. Para encerrar, há sempre uma oração, uma mensagem positiva”.

Por serem de baixa intensidade, essas atividades não provocam suor nem cansaço físico excessivos, acrescenta a fisioterapeuta, e podem ser feitos por qualquer pessoa independente de idade. Relatos de maior disposição, bem-estar e melhora de qualidade de vida são constantes no contato com os funcionários da Bem Brasil, conta a fisioterapeuta.