Araxá, 24 de Abril 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Saúde e Educação

Publicado em:18/02/2015
:: Educação :: Concurso premia redações de alunos e projetos de escolas que abordam a igualdade de gênero
As inscrições para o 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero estão abertas até o próximo dia 18 de março

Inscrições poderão ser feitas até 18 de março. Foto Reprodução

Estão abertas até o dia 18 de março as inscrições do 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero, que visa estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens. As escolas também podem inscrever projetos que abordam esses temas.

Podem concorrer estudantes que estejam regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e escolas da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Quem quiser se inscrever deve produzir uma redação de duas a quatro páginas sobre relações de gênero, mulheres e feminismos.

Os estudantes são premiados em duas etapas. O primeiro colocado de cada Estado ganha um computador. Na etapa seguinte, a nacional, os três primeiros colocados ganham laptop, impressora e bolsa de iniciação científica júnior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Contra a discriminação

Já as escolas podem inscrever trabalhos que abordam a experiência da escola no campo da promoção da igualdade de gênero e do enfrentamento a todas as formas de discriminação – sexual, racial, étnica, por orientação sexual, enfatizando a gestão democrática da escola e do ambiente escolar.

Além do projeto, também deverá ser apresentada documentação comprobatória da realização da experiência que evidencie a qualidade do trabalho e os resultados obtidos, como artigos e matérias publicadas em jornais, revistas e internet, materiais didáticos produzidos, registro fotográfico e/ou em vídeo, entre outros. Uma escola por Estado será premiada com R$ 10 mil.

As escolas podem participar relatando ações inovadoras por meio de um projeto pedagógico. Essa iniciativa visa ampliar e replicar as boas experiências que existem nas escolas brasileiras, além de fomentar o envolvimento da comunidade escolar em torno do debate sobre a igualdade.

Artigos científicos

O concurso recebe, ainda, inscrições de artigos científicos em três categorias: estudantes de graduação; especialização e mestrado; e doutorado. Em cada uma dessas categorias serão premiados os dois melhores textos. Mais informações no endereço e o regulamento completo estão disponíveis no site: www.igualdadedegenero.cnpq.br.

O que é o Prêmio

O Prêmio foi instituído em 2005 pela Secretaria de Política das Mulheres (SPM-PR), no âmbito do Programa Mulher e Ciência, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI); a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECADI/MEC); a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e a ONU Mulheres.

Consiste em um concurso de redações, artigos científicos e projetos pedagógicos na área das relações de gênero, mulheres e feminismos e tem por objetivo estimular e fortalecer a reflexão crítica e a pesquisa acerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres em nosso país e sensibilizar a sociedade para tais questões. É operacionalizado pelo Serviço de Prêmios/Diretoria de Cooperação Institucional do CNPq e pela SPM-PR.

C/ Agência Minas