Araxá, 24 de Julho 2017
Clima Agora
16°

Pesquisar

Você está em

Colunas

Nutricionismo

Publicado em:15/04/2016
:: Saúde e Bem Estar :: Dieta Pré e Pós Exercício. Qual a melhor estratégia? Saiba Mais...

Uma boa recomendação é fazer uma refeição grande, como um café da manhã completo ou almoço, de 2 a 4 horas antes do exercício

O principal objetivo de uma refeição pré-exercício é fazer com que o esportista não se sinta fraco e nem lento antes e durante a atividade. Por isso, da mesma forma que o jejum é contra indicado neste momento, o recomendado é não iniciar um treino com o estômago totalmente cheio, o que pode diminuir a performance e até trazer consequências desagradáveis, como indigestão, náuseas e até vômitos.

Uma boa recomendação é fazer uma refeição grande, como um café da manhã completo ou almoço, de 2 a 4 horas antes do exercício, respectivamente.

Se o tempo entre a última refeição e o horário do inicio do treino for inferior (como as pessoas que acordam e vão fazer atividade física imediatamente), priorize apenas os carboidratos (pão, biscoito, ou bolo simples, barra de cereais, géis de carboidrato e frutas) dispense as proteínas (leite, queijo e iogurtes) e as gorduras em geral.

Isso melhora a absorção dos carboidratos, que são essenciais para este momento, pois garantem energia e não “pesam” no estômago para a hora do treino.

Alguns alimentos ricos em fibras, como cereais fibrosos, grãos, hortaliças cruas e algumas frutas, como laranja com bagaço podem causar desconforto intestinal.

Alimentar-se para obter o melhor desempenho também inclui fazer uma escolha inteligente dos alimentos a serem ingeridos após o exercício físico. Isso restabelece os músculos do atleta para o próximo evento ou competição.

Para recuperar totalmente a energia muscular é necessário comer nos primeiros 30 minutos após o exercício e fazer outras pequenas refeições a cada três horas.

Se não for possível ingerir alimentos sólidos nos primeiros 30 minutos ou se não houver alimentos disponíveis, recomenda-se beber dois copos de uma bebida esportiva e igualmente importante hidratar-se após a atividade física.

A melhor recuperação pós treino é obtida ao se combinar o consumo de carboidratos e proteínas, que são extremamente importantes para recompor os músculos.

As proteínas estão presentes em alimentos de origem animal, como queijos, iogurtes, leites, carnes e frios magros. Dessa forma, uma refeição ótima após treino pode ser um sanduíche ou uma combinação de macarrão com frango. (obs: atividade física no período da tarde ou antes do almoço).

Um abraço e até a próxima...
Nutricionismo
Cíntia Stefania Nepomuceno E-mail: Colunista desde: 2013-10-11 Dra. Cíntia Stefania Nepomucemo é formada em Nutrição pela Universidade de Franca – UNIFRAN. É natural de Araxá e já realizou vários cursos de aperfeiçoamento na área da saúde. Atualmente é uma das profissionais mais requisitadas em Araxá.