"O Jornal Araxá em colaboração de Renato Maia Assessoria listou alguns filmes do gênero que vale a pena conferir..."

Desde o grande sucesso dos jogos de casino online como, por exemplo, CasinoOnline.pt, o mundo do cinema tem realizado grandes filmes sobre o tema casino, principalmente sobre o póquer:

Bem-Vindo ao Jogo (Lucky You, 2007): Eric Bana interpreta um jogador atormentado por seu passado de perdas e conflitos com seu pai, Robert Duvall que também era um apostador. A chance de participar do “World Series 2003″ num cassino em Las Vegas é a oportunidade também para expurgar seus demônios. Figurinhas carimbadas dos campeonatos de póquer de verdade aparecem como figurantes.
Crupiê – A Vida em Jogo (Croupier, 1998): Um homem endividado tenta a todo custo escrever um livro. Sem inspiração, seu pai lhe arranja emprego em um casino de Londres, onde ele se revela um excelente jogador e croupier. O sujeito acaba se envolvendo com duas mulheres que querem convencê-lo a roubar o local. Outra pérola britânica, primeiro sucesso da carreira de Clive Owen. Jogo de Emoções (House Of Games, 1987): Psicóloga que acabou de escrever um livro sobre comportamento compulsivo fica fascinada pelo submundo do jogo após ajudar um paciente endividado. Contrata então, um vigarista (Joe Mantegna, excelente) para lhe ensinar os truques do póquer. Segundo filme dirigido pelo dramaturgo David Mamet onde o final amoral é o que há de melhor.

The Grand (2007): Comédia divertida pouco conhecida do grande público, dirigida pelo roteirista de adaptações em HQs, Zak Penn. A trama gira em torno de um campeonato internacional de póquer, o filme traz vários atores, como Woody Harrelson, Ray Liotta, Ray Romano e o cineasta Werner Herzog, jogando partidas de verdade e improvisando todas as suas falas.

Um Jogador Romântico (Kaleidoscope, 1966): Aventura na linha “golpe perfeito”, com dose de esperteza, suspense e pitada de romance. Warren Beatty faz um playboy jogador que consegue marcar todos os baralhos de uma conceituada fábrica e passa a quebrar bancas de jogo Europa afora. Desmascarado pela Scotland Yard, ele topa trocar as férias forçadas na cadeia por uma ajuda à polícia para agarrar um vilão que adora as mesas de póquer.Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes (Lock, Stock and Two Smoking Barrels, 1998). Filme cheio de estilo, como há muito tempo não se via no cinema britânico, onde quatro amigos juntam uma grana preta para bancar a participação de um deles num jogo de póquer clandestino. O que eles não imaginavam é que o agiota, organizador do “evento” e também jogador, fosse um trapaceiro. Muitas reviravoltas e confusões na estreia e melhor filme do diretor Guy Ritchie até agora.
Fonte: Renato Maia Assessoria